Simpatia e oração para afastar rivalidades

A inveja é um vício capital. Designa a tristeza sentida diante do bem do outro e do desejo imoderado de sua apropriação, mesmo indevida. Da inveja nascem o ódio, a maledicência, a calúnia, a alegria causada pela desgraça do próximo e o desprazer causado por sua prosperidade.

Para fazer a Simpatia e oração para afastar rivalidades, pegue um pedaço de barbante e dê quatro nós nele de um jeito bem devagar. Enquanto vai dando os nós, mentalize que você está amarrando e prendendo a inveja de todos os que não querem seu bem. Em seguida, com o barbante na mão, reze um Pai Nosso e faça a seguinte oração:

“Que os invejosos não me lancem o olho gordo em minha casa, nos meus pertences, nas pessoas que amo, nos meus animais e em mim.
Que minhas vestes, móveis, pertences e casa estejam protegidos pela bênção de Deus e pela mão de São Francisco.
Que minha beleza e saúde, assim como de minha família, estejam também protegidos pela graça de Deus, assim como eu esteja protegido da inveja, da má-lingua e intriga no trabalho por parte de meus colegas ou subordinados, amigos, família e vizinhos.
Que meus projetos e sucesso estejam imunes ao mal que me desejam e sejam mais fortes que a inveja. Que as línguas afiadas para o mal não me firam, o malquerer nunca me atinja, que o ciúme não destrua minha vida, minha harmonia e felicidade.
Que os invejosos usem suas energias para lutarem pelo que desejam em vez de querer destruir o que é dos outros.
Que os que têm, sejam tão humildes quanto tu, São Francisco, e descubram que a felicidade não se resume em ter só bens materiais, mas em saber viver com o que temos, buscando ser feliz com as pequenas coisas e os singelos momentos que vivemos de amor, compaixão, compreensão e ajuda ao outro, nosso irmão.
Que onde exista disputa, prevaleça a cooperação, que onde exista ódio se imponha o amor e respeito, que onde exista o caos nasça a harmonia. Que as falsas amizades desapareçam e o bem-querer genuíno de amigos se aproxime de mim.
Contra o mal que me possas desejar, meu irmão, encontro-me protegido pelo manto da fé em Deus. Contra o olho gordo que me lanças, estou protegido pelo brilho lúcido do olho de luz de Deus, que com os seus raios de imenso brilho quebram teu mau-olhado dos seres das trevas.
Tu, invejoso, nunca me derrubarás, porque Deus é meu apoio e estrutura. É e sempre será.
Amém.”

Guarde o barbante dentro de uma caixa com um pouco de sal grosso por cima dele durante sete dias. No oitavo dia, pegue o barbante e a caixinha e jogue no lixo, pode queimar também e jogar as cinzas na lixeira. O sal grosso deve ser jogado em água corrente ou no vaso apertando bem a descarga.



Deixe uma resposta

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com