Simpatias em latim para o amor

Existem muitas simpatias e feitiços que usam palavras em latim.

Estas ao serem pronunciados produzem uma mudança no mundo de cada pessoa, graças ao poder da magia. Muitas pessoas têm a certeza de que certas palavras em latim têm o poder de criar. Acredita-se que se são pronunciados em latim, então tem mais poder.

Porque a linguagem original e natural da magia está sendo usada.

Mas desde o início, as magias em latim têm sido usadas para enfeitiçar pelo amor, curar qualquer tipo de doença ou para dominar uma pessoa que o ataca, contra os inimigos, para dominar a mente de uma pessoa e para o que você menos imagina.

Diz-se que esses feitiços que são alcançados através das palavras em latim, permitem que você pense e sinta como a pessoa que está encantada.

Se acredita que, com as palavras feitas na linguagem original da magia, um poderoso efeito é alcançado. Muito mais poderoso do que qualquer feitiço em outro idioma.

Alguns antigos feitiços em latim chegaram até nós e ainda são usados ​​hoje para fazer feitiços de proteção ou amor.

 



 

A primeira simpatia de amor em latim tem a ver com recuperar um namorado ou namorada.

Ela serve para interferir na decisão da pessoa que abandonou você.
Para isso, durante a noite, de preferência uma noite de lua, você deve olhar para o céu e dizer em voz alta:

“IMPERARE ET FERIRE, INTERVERNIRE RES,
EIUS MANUS LUX PERPÉTUA,
POTERE CORS MEA SEMPRE”

A segunda funciona como um amarre para que um casal não se separe .

Deve ser recitado três vezes seguidas durante três dias seguidos. Será a primeira coisa que você vai fazer ao se olhar no espelho pela manhã:

“TACTUS ADFECTUS,
ACTUS MALEDICTUM,
FASCINARE TUUM ANIMA,
FASCINARE MENS DEBILIS”

Se a pessoa a quem dedicamos essa simpatia de amor é mulher deve alterar a palavra MENS DEBILIS  por MENS FEMINA.

A última de amor em latim é para começar a namorar tanto pode ser um homem como uma mulher. Para isso, você deve olhar para a pessoa sem ela perceber e dizer em voz baixa:

“CORS TUUM URN MAGICUS,
AETERNUS CANUM FIDELIS,
LAPIS ET CARO PER SEMPRE,
NUNQUAM INTERVALUM,
LAQUEUS! LAQUEUS!”

 



Loading…

Deixe uma resposta